O que você deseja encontrar?

Aqui tem tudo o que você procura em um só lugar!

PORTAL CONCÓRDIA - O Portal da Cidade de Concórdia - SC
:( ops! não encontramos o que você buscou.

NOTÍCIA

Leia a notícia abaixo, e aproveite para imprimir ou enviar para um amigo.

Compartilhe:
Pacientes que chegam às UTIs em SC são mais jovens, mais graves e sem comorbidades
01/03/2021
10h e 12min
Responsável pela logística de ocupação da rede hospitalar em Santa Catarina, o superintendente de Regulação da Secretaria de Estado da Saúde, médico Ramon Tartari, acompanha de perto a pressão que a nova onda da pandemia tem causado sobre o sistema de saúde. Esta semana ele afirmou, em audiência pública na Alesc, que não pode regular leitos que já não existem à disposição.

Em entrevista à coluna, Tartari diz que o perfil das pessoas que chegam às UTIs mudou ao longo das últimas semanas: são mais jovens, mais graves, e a maioria não tem nenhuma doença préexistente. O superintendente confirma a fila de espera por um leito de terapia intensiva no Estado, que nesta sexta-feira tem mais de 70 pessoas, e faz um alerta: o cenário ainda é de aceleração, em todas as regiões de Santa Catarina.

Os médicos que estão trabalhando nas UTIs relatam o fato de termos pacientes mais jovens. É isso o que se observa nas UTIs de SC?

É isso. Nós observamos desde o início dessa nova onda, que começou pelo Grande Oeste, na ultima semana de janeiro, primeira semana de fevereiro, sentimos uma modificação no gráfico de tendência. A partir dali, percebemos um afluxo acelerado de pacientes nas emergências hospitalares com perfil mais jovem, muitos na faixa etária entre 40 e 50 anos, entre 50 e 60 anos. 

É uma mudança no perfil de pacientes, são pacientes que sequer têm comorbidades e estão chegando muito graves, num volume muito grande.  

Por conta disso, se compreende hoje estamos diante da circulação intensa de novas variantes do coronavírus no estado de Santa Catarina, que são variantes com maior poder de transmissibilidade.

Outra informação é que pacientes estão agravando num período mais curto, em três ou quatro dias. Confere?

O que confere neste momento é que, proporcionalmente ao número de pacientes adoecidos, nos temos um maior número de pacientes graves, quando comparamos com outros momentos da pandemia. Tivemos pelo menos outros dois momentos (graves) nessa pandemia, um no final de julho, início de agosto, e outro no final de novembro, início de dezembro, que foram momentos mais agudos de crescimento. Mas, naquele momento, quando cruzávamos o número total de adoecidos pelo coronavírus com o número de graves, não tínhamos uma proporção tão grande quanto temos agora de pacientes graves.

Como SC está em relação aos insumos, como oxigênio e kits de intubação? Há estoques suficientes?

Nós temos alertado todos os hospitais. SC tem uma rede hospitalar robusta, mas parte dela está sob gestão de municípios, não do Estado propriamente dito. Temos alertado aos gestores municipais, aos diretores hospitalares, que se abasteçam o máximo possível de insumos, como oxigênio, medicamentos, principalmente os relacionados aos kits de intubação, que são anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares, muito demandados para manter o paciente sedado, suportando a intubação. Temos insistido muito nesse cuidado com o abastecimento. Os valores estão majorados, de medicamentos, insumos, materiais de enfermagem, EPIs, como máscaras, aventais, gorro. 

Falou-se sobre mudanças de protocolo para liberar com mais rapidez os leitos de UTI. Isso está ocorrendo, ou pode ocorrer?

É bem importante deixar isso claro. Há 15 ou 20 dias nós fizemos uma vistoria em todas as unidades hospitalares do Estado. Em alguns casos pontuais, identificamos pacientes ainda internados em UTI que já tinham critério clinico para serem remanejados para leito de enfermaria ou leito intermediário. Alguns que sequer estavam usando oxigênio, ou que estavam usando apenas com catéter. Temos enfatizado a todos os profissionais, as equipes médicas, os intensivistas, que sejam bastante criteriosos nesse aspecto. Assim que possível, que o paciente apresente melhora clínica, que suporte sair do leito de UTI e ir para um leito intermediário ou de enfermaria, ele seja remanejado para dar vaga para um paciente mais grave.

Fonte: Rádio Rural


Deixe seu comentário para a notícia:

"Pacientes que chegam às UTIs em SC são mais jovens, mais graves e sem comorbidades"

  seu email não será publicado.
caracteres restantes.





ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA CATEGORIA UTILIDADE PÚBLICA


22/04/2021 - Utilidade Pública

 A  CELESC   agradece  a  compreensão  pelos  transtornos  advindos  da  falta  de energia, e alerta que, para segurança e conforto dos consumidores atingidos estes devem considerar a rede...

22/04/2021 - Utilidade Pública

A Secretaria de Saúde de Concórdia segue com a vacinação contra a Covid-19. Nesta quinta-feira, dia 22, e na sexta, dia 23, será feita aplicação de segunda dose. Pessoas que já receberam a primeira devem verificar na carteirinha de vacinação, a data...

22/04/2021 - Utilidade Pública

A Secretaria de Saúde de Concórdia segue com a vacinação contra a Covid-19. Nesta quinta-feira, dia 22, e na sexta, dia 23, será feita aplicação de segunda dose. Pessoas que já receberam a primeira devem verificar na carteirinha de vacinação, a data...

22/04/2021 - Utilidade Pública

A vacinação contra a Covid-19 teve mais uma etapa nesta quarta-feira, 21, feriado, nos idosos com 64 e 65 anos. As aplicações iniciaram às 7h, no Parque de Exposições no formato drive-thru, e encerraram próximo ao meio dia, quando esgotaram as doses,...

20/04/2021 - Utilidade Pública

A  CELESC   agradece  a  compreensão  pelos  transtornos  advindos  da  falta  de energia, e alerta que, para segurança e conforto dos consumidores atingidos estes devem considerar a rede...


SHOPPING


a partir de
R$ 14,00
Kobacafé | Lanchonete, Pizzaria e Restaurante

a partir de
R$ 5,00
Con Animal - Sociedade Concordiense de Ajuda e...

a partir de
R$ 195,00
Ideia Good - Soluções Web e Publicidade On-line

a partir de
R$ 2.999,00
Ideia Good - Soluções Web e Publicidade On-line

a partir de
R$ 12,00
Kobacafé | Lanchonete, Pizzaria e Restaurante

a partir de
R$ 140,00
CCAA | Escola de Idiomas

a partir de
R$ 17,00
Kobacafé | Lanchonete, Pizzaria e Restaurante

a partir de
R$ 399,00
Ideia Good - Soluções Web e Publicidade On-line